São Paulo FM

Acessar

CULTURA

Cia. Palhadiaço faz temporada online de "Depósito" precedida, em maio, por oficinas grátis


Foto: Divulgação

A Cia. Palhadiaço - atuante no Itaim Paulista (ZL) - apresenta, em junho, temporada do espetáculo Depósito pelas redes sociais do grupo e de coletivos parceiros, que será precedida por uma série de oficinas, durante o mês de maio. Todas as atividades são online e gratuitas. O projeto foi viabilizado pelo VAI - Programa para a Valorização de Iniciativas Culturais da Secretaria Municipal de Cultura de São Paulo.

As oficinas (ao vivo) serão transmitidas pelo Instagram @ciapalhadiaco, nos dias 13, 20, 25 e 26 de maio. São elas: Malabares (por Matheus Barreto, às 10h), Escrita de Projetos Culturais (por Michele Araújo e Everton Santos, às 18h), Palhaçada Musical - O que É Isso Afinal? (por Kauan Scaldelai, às 10h), e Bambolê: Circunferência das Formas (por Priscyla Kariny, às 10h).

As apresentações de Depósito, começam no dia 4 de junho, sexta, às 18h, pelo Facebook e YouTube da Cia. Palhadiaço, simultaneamente. As demais sessões serão transmitidas nos dias 5, 6, 12, 13, 19, 20 e 27 de junho (sábados e domingos, às 15h), também pela página de outro coletivo teatral, um a cada dia.

OFICINAS (Maio)

- Oficina: Malabares | Com Matheus Barreto
13 de maio. Quinta, às 10h
Onde: Instagram/ciapalhadiaco
Grátis. Duração: 1 hora. Indicação: Livre (a partir de 12 anos).

- Oficina: Escrita de Projetos Culturais | Com Michele Araújo e Everton Santos
20 de maio. Quinta, às 18h
Onde: Instagram/ciapalhadiaco
Grátis. Duração: 1 hora. Livre - público alvo: a partir de 16 anos.

- Oficina: Palhaçada Musical - O que É Isso Afinal? | Com Kauan Scaldelai
25 de maio. Terça, às 10h
Onde: Instagram/ciapalhadiaco
Grátis. Duração: 1 hora. Livre para todos os públicos.

- Oficina: Bambolê: Circunferência das Formas | Com Priscyla Kariny
26 de maio. Quarta, às 10h
Onde: Instagram/ciapalhadiaco
Grátis. Duração: 1 hora. Livre para todos os públicos.

APRESENTAÇÕES "Depósito" (Junho)

Grátis. Duração: 60 minutos. Classificação: Livre. Gênero: Cômico.

O enredo de Depósito se passa em um tempo no qual a arte se tornou um vírus e a pessoas infectadas, de nariz vermelho, são isoladas em um depósito de artistas. Com criação coletiva, dramaturgia de Matheus Barreto e direção de Rani Guerra, o espetáculo investiga a “palhaçaria periférica”, que cria diálogos com a cidade, suas periferias, seus artistas e suas excelências artísticas subversivas e resistentes. O texto surgiu de uma pesquisa pelas ruas do Itaim Paulista (região de atuação do grupo) na qual, imersos em improvisos, jogos e entrevistas, questionaram os habitantes sobre como seria para eles se a arte fosse uma expressão proibida.

No espetáculo, o vírus da arte causa uma doença com muitos sintomas e, em quadros mais graves, o paciente fica com o nariz vermelho. Um estado totalmente desarticulado é instituído com medidas severas para aniquilar a existência artística: depósitos são construídos para isolar os infectados/artistas. Os palhaços – vividos por Kauan Scaldelai, Matheus Barreto, Priscyla Kariny, William Santana e Rogério Nascimento - são os últimos artistas restantes no Itaim Paulista, e são confinados. O nascimento de uma criança com o nariz vermelho acelera a necessidade de erradicar a síndrome. Ativistas protestam. E a poção de cura é adulterada pela criança com sua própria fralda. Quando ingerida pelos palhaços, o efeito é invertido, provocando uma epifania artística. Depósito é um espetáculo lúdico-musical-reflexivo sobre identidade cultural, arte e relações de autoridade. A música desempenha papel fundamental com paródias, releituras e composições originais, entre as quais um rap, que traz uma hilária batalha de palhaços.

Facebook: www.facebook.com/ciapalhadiaco
YouTube: www.youtube.com/channel/UCUaoze5_Clb7w_rGK4E4FxA
Instagram: www.instagram.com/ciapalhadiaco/


 




VEJA TAMBÉM