São Paulo FM

Acessar

CULTURA

Beba Trio e Convidados: Show gravado em estúdio com convidados especiais antecipa o primeiro CD



Foto: Dani Sandrini

No dia 19 de março (sexta, às 22h) estreia o show Beba Trio e Convidados com acesso grátis pela página do grupo no Facebook - @bebatrio. A temporada, que segue pelos dias 21, 27, 28 de março, 3 e 4 de abril (sábados, à 21h, e domingos, às 19h), promete muito samba, groove, suingue e alegria sonora.

O trio - formado por Beba Zanettini (piano), Gudino Miranda (bateria) e Victor Kutlak, (contrabaixo) - apresenta-se ao lado dos instrumentistas convidados Edu Paes (guitarra e violão), Paulo Oliveira (sax e flauta) e Gustavo Godoy (percussão). O espetáculo tem ainda participação especial da cantora Kennya Macedo e do cantor e violonista Anderson Moura.

Gravado em estúdio, o show será masterizado e lançado em CD, sendo o primeiro disco do grupo, que já lançou quatro singles - disponíveis nas plataformas digitais: Espera (música que foi selecionada para compor a playlist Jazz Brasileiro, da plataforma Spotify), Chorando em 3 (com participação especial do acordeonista Gabriel Leviy), Iawareté e Chacarera dos Esquecidos.

O repertório é formado, em sua maioria, por composições de Beba Zanettini como “Espera”, “Chorando em 3”, “Alegria”, “Chacarera dos Esquecidos”, “Novos Dias”, “Rasteira”, “Umaih” e “Iawareté“. Inéditas também estão no set list - “Giro”, “Sambareia” (de Victor Kutlak) “Lorenzo & Bernardo” (homenagem de Beba aos sobrinhos que nasceram), “Vagalumeando” e “Balbúrdia” (criação coletiva do trio) -, além de músicas de Moacir Santos (“April Child”) e Marcos Valle (“Batucada Surgiu”).

Formado em 2019, o Beba Trio executa com originalidade a música instrumental brasileira, passando por influências rítmicas que vão da música latino-americana e caribenha ao jazz e pop. Seu currículo já registra apresentações em diversos espaços culturais do país com destaque para o Brooklinfest e Maifest, em São Paulo, e Teatro da Funarte, em Brasília, durante a programação do Prêmio Profissionais da Música. Em 2020, foi um dos selecionados para a programação musical ONFITA, dentro do FITA - Festival Internacional de Teatro do Alentejo, que ocorre anualmente, em Beja, Portugal. “Nossa música tem conexão com som dos trios de jazz e de bossa nova dos anos 60, mas também conversa com diferentes ‘idiomas’ musicais do Brasil e de diversas partes do planeta. É fundamental e contagiante esse diálogo que o instrumental brasileiro cria e recria com outras identidades musicais”, comenta Beba Zanettini.

Foto: Dani Sandrini

Ficha técnica 
 
Direção geral e idealização: Adriana Belic. Beba Trio: Beba Zanettini (piano). Gudino Miranda (bateria), Victor Kutlak (contrabaixo). Convidados: Edu Paes (guitarra, violão), Paulo Oliveira (sax, flauta), Gustavo Godoy (percussão), Kennya Macedo (voz) e Anderson Moura (voz e violão). Assistência de direção: Mili Slikta. Produção executiva: Eder Damasceno. Produção de palco: William Ramos. Assistente de palco: Gabriel Lucas. Cenografia: Rafael dos Santos. Transporte cenário: Izildo Transportes. Testagem e laudos de Covid 19: Pegasus Saúde in Company. Consultoria em gastronomia: Armazém Café Doceria. Fotografias e making of: Dani Sandrini. Captação som: Estúdio Arsis. Engenharia de áudio: Adonias Farias de Souza Junior. Técnico assistente: Gustavo de Sant'Anna Lima. Assistência de estúdio: Cleber Freitas do Nascimento e Letícia Patané. Afinação piano: José Roberto Yussefy. Captação de imagem: ATOM Filmes. Direção de fotografia: Filipe da Gama. Câmeras fixas: Francine Tomo, Zele Volpato. Câmera móvel: Eduardo Moryama. Iluminação: Francis George, Jonathan da Silva. Edição e finalização: Ledok. Projeto gráfico: Workhouse Design. Assessoria de mídias: Platea Comunicação e Arte. Assessoria de imprensa: Verbena Comunicação. Edital: ProAC Expresso LAB 39/2020 - Produção e Temporada de Espetáculo de Música com Apresentação Online. Coprodução: Belic Arte.Cultura. Produção: Arqueomemória. Realização: Ministério do Turismo, Secretaria Especial da Cultura e Governo do Estado de São Paulo, por meio da Secretaria de Cultura e Economia Criativa.

Serviço
Show: Beba Trio e Convidados
Estreia: 19 de março. Sexta, às 22h
Temporada: 21, 27 e 28 de março e 3 e 4 de abril
Horários: Sábados, às 21h | Domingos, às 19h
Onde: www.facebook.com/bebatrio
Classificação: Livre
Duração: 60 minutos
Grátis
 
Foto: Dani Sandrini

Os músicos

Beba Zanettini - Pianista, compositor e arranjador formado na UNESP e pós-graduado em Canção Popular pela Faculdade Santa Marcelina. Integrou os grupos Aquilo Del Nisso, indicado ao Prêmio Sharp (1995 e 1998) como melhor grupo instrumental com os CDs Chico Buarque Instrumental e Festa Brasileira, e Café Jam que, em 1999, lançou seu primeiro CD no mercado internacional pela Malandro Records. Beba já se apresentou em diversos lugares do Brasil e exterior e tocou ao lado de vários artistas em shows e gravações, entre eles Alzira Espíndola, Vânia Bastos, Dominguinhos, Jaques Morelenbaum, Guinga, Blubell e Suzana Salles. Em 2009 lançou o primeiro CD solo, Beba Música, que traz suas canções na voz de vários intérpretes. Em 2017, lançou o segundo, Canto da Areia, com participação de artistas nacionais e internacionais. Em 2019, concorreu ao Prêmio Profissionais da Música nas categorias Autor e Instrumentista. O compositor assinou trilhas para publicidade e teatro; foi diretor musical e arranjador da Banda ZporZ e do espetáculo circense Piccolo Circo Teatro de Variedades. Em 2015, duas composições suas foram lançadas na Alemanha no CD Camburi (Galileo Music) da cantora Eva Jagun, com quem fez uma série de shows naquele país. Beba apresentou-se nos EUA com músicos norte-americanos no ArtFest, na Santa Fe University of Art and Design, Novo México. Depois de uma série de apresentações com o Beba Zanettini Sexteto, formou, em 2019, o Beba Trio que lançou quatro singles e foi selecionado parao ONFITA – Portugal. Durante a quarentena, Beba lançou os singles/vídeos Alegria (finalista Top 100 do World Folk Vision) e Chacarera dos Esquecidos. Seu samba “Rasteira” foi finalista do Festival da Canção de Protesto.
 
Gudino Miranda – Baterista com mais de 10 anos de carreira, teve contato com o mundo percussivo ainda criança em uma escola de samba. Aos 12 anos, entrou para a Banda Mirim de SBC, regida pelo Maestro Frigideira. Em 2012, integrou a Banda Zignal, com a qual gravou um disco produzido por Rick Bonadio, que teve a música "Reggae do Horto", incluída na trilha da novela Em Família (Rede Globo). Em 2017, tocou na turnê de lançamento do CD Canto da Areia, de Beba Zanettini, e ingressou no grupo de percussão contemporânea da FIAM-FAAM, onde concluiu bacharelado em Bateria. Como produtor musical, assina o álbum Fique'mpaz, do grupo Ágora. Em 2019, fundou os trios Trívia e Beba Trio, atuando também como produtor, com os quais teve quatro músicas incluídas na playlist Jazz Brasileiro, do Spotify. Produziu ainda os projetos Clarena, Guatambu e Tocaê e as cantoras Sejuh, Amanda Temponi, Julia Pagano e Re Chandra.

Victor Kutlak – O músico, nascido em 1993, iniciou seus estudos no contrabaixo elétrico aos 14 anos de com Fernando Tavares. Desde então, esteve engajado em diversos projetos de vários gêneros musicais, entre eles bandas cover de classic rock, big bands e grupos de jazz instrumental. Hoje é bacharel em contrabaixo elétrico pela FIAM-FAAM, onde desenvolveu seus conhecimentos teóricos e práticos com Bob Souza. Desde 2011, leciona baixo elétrico e, em 2014, começou a dar aulas de guitarra e violão. Atualmente, participa como baixista no Beba Trio e no Trívia (trios instrumentais de Jazz) e na Rockinstones (Rolling Stones Cover). Atua também como freelancer para shows e gravações de outros artistas e grupos.

 




VEJA TAMBÉM